30 mar

Por Letícia Becker

Biografias não autorizadas sempre despertam o interesse de quem gosta de realidade com boas pitadas de drama e fofoca. Sendo a protagonista nada menos que Anna Wintour, editora chefe da Vogue norte americana, a obra de Jerry Oppenheimer – Front Row – Anna Wintour: The Cool Life and Hot Times of Vogue’s Editor in Chief – é do tipo “must-read”.

Anna Wintour é sempre uma das primeiras a chegar aos desfiles de moda. Ela faz questão de ser pontual e ver o show do início ao fim.

O autor entrevistou colegas da época da escola, ex namorados, inimigos profissionais e tantas outras fontes capazes de oferecer detalhes curiosos e obscuros desta personalidade ambiciosa e perfeccionista, que foi imortalizada pelo filme O Diabo veste Prada. Oppenheimer relata passagens como a de certa vez, ainda nos anos 80, quando Anna Wintour roubou ideias de pautas de colegas para se promover na NY Magazine. Seus logros também são destacados, como o caso da memorável capa de estréia dela na Vogue, em novembro de 1988, com a modelo usando o melhor do estilo hi-low, tendência em evidência até hoje. Por essas e outras a obra é, no geral, um exame intimo das paixões, limitações, perdas e ganhos da mulher mais influente do mundo da moda.

QUER TRABALHAR COM MODA? FRASES DE WINTOUR QUE PODEM SERVIR COMO INSPIRAÇÃO

Embora seu perfil calculista sempre tenha se sobressaído nos veículos que a mencionam, fato é que Anna Wintour é pura inspiração por seu profundo amor e compreensão do mercado de moda. A forma clara e objetiva com a qual pensa nos levou a selecionar algumas de suas frases para inspirar o seu dia.

Sobre compreensão de moda
Frequentemente tenho a impressão de que a moda põe medo em muitas pessoas. E como dá medo, a criticam.”

“Se olhares a qualquer grande fotografia de moda dirá tanto sobre o que esta acontecendo no mundo quanto por um exemplar do The New York Times.” 

Sempre se trata do tempo. Se estiver adiantado, ninguém entenderá. Se estiver atrasado, todos esquecerão.

Sobre confiar em si mesma
“As pessoas respondem bem àquelas que estão seguras do que querem.”

“Acredite em seu próprio estilo, permita que seja único e ao mesmo tempo identificável aos demais.” 

Sobre atuar com convicção
“Respondo sempre aos meus próprios instintos. Algumas vezes são de muito êxito e outras, obviamente, não. Ainda assim é preciso apegar-se ao que você acredita.”

veja também os posts relacionados

Comente via Facebook

Deixe seu comentário

Instagram
Leitura de moda